Neoplasticismo

Construtivismo e de Stijl


Fonte: Construtivismo (origens e evolução) George Rickey - Cosac&Naify

 .

"O objeto da natureza é o homem, o objeto do homem é o estilo."

.

Dois anos depois das primeiras aventuras russas, e de modo independente, Piet Mondrian, um ex-cubista na Holanda, havia transposto a natureza para seus quadros através de traços verticais e horizontais como sinais matemáticos "+" e "" - mais e menos.
Em 1914, pintava composições rigorosamente abstratas da paisagem. Embora parecessem não-figurativas, Mondrian atribuía-lhes títulos como O mar, Fachada, e Andaime. (The Sea, Façade e Scaaffolding)
.
Piet Mondrian - Holanda -Pier and Ocean - 1914 - obra por sinais mais & menos
.
Além disso, apresentava símbolos obscuros provenientes das profundas crenças teosóficas do artista. Mondrian concebeu uma arte de relações conhecida mais tarde como “neoplasticismo”.
Levou a abstração até o máximo dos seus limites.
Mondrian conheceu Theo Doesburg em 1917, um artista plástico, designer gráfico, poeta e arquiteto holandês e juntos fundaram o grupo que chamaram De Stijl,o estilo”, começando a publicar uma revista com o mesmo nome, em Leyden.
 .

 Página da revista De Stijl

.

Página original da revista De Stijl, Letterklankbeelden,
projeto gráfico de Theo van Doesburg (a revista era enviada pelo correio e, por isso, dobrada ao meio).
 .
.

Alfabeto de Theo van Doesburg 

.


Theo van Doesburg
.
Os pôsters exemplificam bem porque o De Stijl é considerado um movimento de vanguarda. Aspectos marcantes são sua tipografia inovadora, a preocupação com a composição, o tamanho da fonte e a simplicidade da imagem. Todos esses elementos atestam a preocupação com a linguagem visual.
Mondrian usava a revista para expor suas idéias a respeito de uma arte relacional. Em 1921 havia aperfeiçoado o estilo que o tornou conhecido - a grade preta sobre o fundo branco, os retângulos pintados com cores primárias e as proporções lineares com intervalos regulares, ajustadas em conformidade com um trabalho preliminar feito com tiras de papel.
 .

Piet Mondrian 

.

Piet Mondrian - Composição com amarelo, azul e vermelho - 1921
.
O suprematismo e o construtivismo difundiram-se na Rússia, e seus líderes ocupavam, temporariamente, posições de responsabilidade oficial.
As idéias exemplos de suas realizações haviam chegado à Alemanha, onde logo seriam escolhidas pela Bauhaus.
.

Divergências entre Piet Mondrian e Theo van Doesburg 

.

O trabalho de Mondrian, contudo, estava predestinado à fama e à influência, dada a longa estadia do artista em Paris, centro do mundo artístico na época.
Apesar do sucesso de Doesburg como mentor, Mondrian cortou suas ligações com o De Stijl, em 1924. Em sua pureza incondicional, ficou furioso com a introdução da diagonal na pintura, por parte de Doesburg . Mondrian não aceitava a Teoria do Elementarismo proposta por Doesburg onde as linhas diagonais eram mais importantes que as verticais e horizontais.
Mondrian declarou: "Após sua correção arbitrária do neoplasticismo, tornou-se impossível para mim qualquer colaboração, de qualquer espécie".
.

Theo van Doesburg

.

Theo van Doesburg - Contraposição de dissonâncias XVl
.
A respeito dos anos 20, Mondrian escreveu: “construtivismo foi levado adiante em Paris e em Londres, onde se tornou homogêneo com o neoplasticismo: contudo, sempre houve diferenças de ponto de vista”, que incluíam a insistência na vertical-horizontale nas cores puras como meio de expressão, idéias de harmonia social através da arte e, sempre um certo misticismo. A partir de então, “ construtivismo” passou a ser aplicado a ambos os movimentos, o “neoplasticismo”, apenas ao holandês. Oskar Schlemmer escreveu em seu diário, em 1925. “O panorama atual mostra que as três tendências – cubismo-futurismo-expressionismo - consideram-se em duas: construtivismo-verismo”, termo usado pelo artista para representação do mundo visível.
“Construtivista” passara assim a cobrir tanto a pintura com a escultura, tendo se expandido de modo a absorver muitas das idéias do suprematismo e do De Stijl.
No mais se restringia, ou dedicava especial atenção ao “construído”, ou ao feito da união de materiais industriais, nem tampouco à geometria pura ou à predominância do espaço vazio.
O caráter essencial da arte construtivista não se encontrava no estilo, no material ou na técnica, mas sim na imagem. Essa imagem requeria do artista uma alteração radical de idéias que se mantinham há milhares de anos. Agora, a imagem em si mesma era real.
.

Naum Gabo 

.

Naum Gabo resumiu a questão da seguinte forma: "Não fazemos imagens de ..."
.
Naum Gabo - escultor russo - 1890/1977
.
Desenvolvimento pessoal dos artistas e de simplificações por parte dos críticos e historiadores, conserva algumas características.
.

A obra-de-arte é a imagem de si mesma

.

A princípio transcrevo 2 itens dentre os 10:

  1. O tema da obra–de-arte é a imagem de si mesma
    ... é impossível para a nova consciência perceber, arranjar ou atuar sobre o mundo e sobre nossas vidas , a não ser com a construção de uma corrente sempre cambiante, embora coerente , de imagens-concepções...
    ______ Assevero que essas imagens construídas conscientemente, são a essência mesma da realidade do mundo à qual buscamos.
    E mais:
  2. Os elementos das artes visuais tais como as linhas, as cores, as formas possuem sua própria força de expressão, independente da associação aos aspectos exteriores do mundo.A imagem não depende de experiências rememoradas, de acontecimentos, de objetos observados, de associações ou sujestões, nem tampouco da projeção da experiência em formas evocativas. Não resulta de "emoções relembradas tranquilamente", nem de fantasias, nem de gestos automáticos, nem de qualquer transe ou emanação do subconsciênte (como por exemplo do surrealismo na pintura).
Não precisa, no entanto, ser regular ou geométrica.
.

Cadeira de Gerri Thomas Rietveld - cadeira red/blue

.


cadeira red / blue
Em 1917-1918 desenhou o protótipo da cadeira red and blue, um de seus trabalhos mais famosos, que em 1923 foi incluído na exposição da Bauhaus


.

3 comentários:

  1. elma,

    este seu blog é fantástico. Uma UNIVERSIDADE das ARTES!

    Obrigado por lembrar de mim, gostei de rever a CADEIRA!

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá querida,ao adentrar nesta galeria fico meio
    paralisada,preciso chegar devagarzinho..., são tantas coisas maravilhosas, que fico até sem palavras e os sentidos ficam à flor da pele.
    Para mim é um privilégio poder usufruir deste
    espaço maravilhoso e só tenho que agradecer-te por tudo isso.
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  3. Que post completo sobre este movimento que teve Piet Mondrian como um grande expoente. Aprendi muito sobre ele graças a estas suas informações, muito obrigada. Sempre nos enriquecemos passando pelos teus cantinhos.
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui. Seu comentário será valioso para que eu receba através dele, a sua opinião, prova da nossa interação.

Esse blog foi feito para você.

" ARTE é o conhecimento usado para realizar determinadas habilidades ou beleza transcendente de um produto de atividade humana".


Elma

Copyright © 2013 Espaço das Artes and Blogger Templates - Anime OST.